Pages

Subscribe:

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Curiosidades sobre Ayrton Senna

Saiba algumas curiosidades sobre o tricampeão de Fórmula 1 e um dos maiores nomes do esporte brasileiro.

O apelido de Ayrton Senna na infância era Béco.

Ayrton começou a usar as cores do Brasil no seu capacete em 1978, quando foi disputar o Campeonato Mundial de Kart, na Europa. As regras da competição exigiam que os capacetes tivessem as cores do país de o
rigem do participante.
Em 1983, Senna correu uma prova inteira de Fórmula 3 na Inglaterra com o carro sem freios. Os mecânicos, a princípio, não acreditaram, mas ao verificar as pastilhas viram que elas estavam geladas.

Na sua estreia na Fórmula 1, no ano de 1984, pilotando a Toleman, Senna ficou em segundo lugar no GP de Mônaco, atrás do francês Alain Prost, da McLaren. Chegou a ultrapassar Prost, mas o diretor da prova Jacky Ickx alegou que a havia interrompido antes por causa das fortes chuvas.

Um susto em 5 de novembro de 1984, Senna, recém-contratado pela Lotus, acordou com o lado direito do rosto totalmente paralisado. Estava na Inglaterra. A primeira sensação foi a de um derrame. Mas tudo não passou de uma paralisia facial. Senna fez massagens e usou uma medicação à base de cortisona. Teve uma recaída ao dormir num hotel carioca com o ar condicionado ligado. O piloto só se recuperou totalmente em fevereiro de 1985.
Senna estava na pole-position e precisava do primeiro lugar no GP do Japão para conquistar o título de 1988. Mas, logo na largada, ele confundiu as marchas e caiu para 16º lugar. Começou, então, a maior atuação do piloto na F1. Debaixo de chuva e num ritmo alucinante, Senna foi ultrapassando seus adversários. Até deixar o principal concorrente, Alain Prost, para trás. Era a vitória, o título e a consagração de um novo mito.
Senna quase correu na Fórmula Indy. No final de 1992, sem renovar com a McLaren e sem acertar com a Williams, o piloto viajou em Emerson Fittipaldi até Phoenix, no Arizona. Andou num circuito misto, com um Penske. Depois, no entanto, assinou com a McLaren e continuou na Fórmula 1.
Ayrton Senna dizia que falava com Deus quando fazia a curva Eau Rouge, no circuito de Spa-Francorchamps, na Bélgica.
Em março de 1995, o capacete que Ayrton Senna usou ao conquistar seu primeiro título de Fórmula 1 (1988) foi a leilão. O lance vencedor foi de 45 mil dólares e o capacete tinha os autógrafos de Senna e Xuxa.
No momento de choque durante o acidente que tirou a vida de Senna, os comissários de prova do circuito de Ímola descobriram uma bandeira da Áustria no interior do carro destruído do piloto brasileiro. Era uma homenagem a Roland Ratzenberger, que morreu um dia antes, nos treinos para o GP de San Marino.

Com problemas de câmbio e só com a sexta marcha nas últimas sete voltas, Ayrton Senna conseguiu sua primeira vitória em um GP do Brasil em Interlagos em 1991. Após a chegada, o choro do tricampeão era um misto de alegria e muita dor, pelo esforço de guiar o carro com apenas uma marcha. Confira a última volta da corrida:

http://www.youtube.com/watch?v=nNIyvdcLlKg&feature=player_embedded

0 comentários:

Postar um comentário